Carregando
Lembrar? | Esqueci a senhaCadastrar
análise • switch 
Sonic Mania
Escrita por Gladson Antunes

Parece que Sonic Mania foi feito e então enterrado em uma cápsula do tempo lá no início dos anos noventa para só agora ser descoberto. O estilo gráfico, a trilha sonora e o design das fases foram totalmente inspirados pelos jogos 2D da era 16-bit que fizeram de Sonic um dos personagens mais conhecidos e amados do mundo dos games. As referências aos jogos Sonic 1,2 e 3, Sonic CD e a Sonic & Knuckles estão espalhadas por todos os cantos do game, mas com detalhes que só poderiam ganhar vida agora em consoles mais poderosos – animações mais fluidas, muitos elementos na tela, cenários em diferentes níveis – são alguns dos exemplos.

A história começa com Sonic e Tails chegando de avião à Ilha dos Anjos afim de investigar um estranho sinal de energia que está sendo emitido daquele lugar. O que nossos amigos não esperavam era encontrar na ilha um bando de robôs – os Hard-Boiled Heavies - enviados pelo Dr. Robotnik (ou se preferirem Dr. Eggman), justamente para também investigar o tal sinal. A fonte de energia é uma pedra preciosa, o Rubi Fantasma, que ao ser descoberta confere novos poderes aos Hard-Boiled Heavies e enviam para o passado nossos heróis, Sonic, Tails e Knuckles. Taí a desculpa perfeita para revisitar os lugares dos jogos anteriores!

Tudo igual, só que não!

Sonic Mania foi desenvolvido em conjunto pela PagodaWest Games e a Headcannon e segue o estilo side-scrolling 2D de plataforma. Podemos controlar Sonic, Tails e Knuckles ao longo de 12 diferentes zonas, cada uma delas divididas em 2 atos. Mais da metade das fases presentes no game são baseadas em fases dos jogos anteriores da série. Isso até poderia parecer um fator negativo para o jogo, no entanto as fases foram repensadas e redesenhadas, trazendo muitos e muitos segredos, caminhos alternativos e, para quem, assim como eu, jogou os games antigos de Sonic, elas trazem ótimas lembranças e desafio na medida certa.


O game traz vários slots para save e ao escolher um deles, podemos selecionar um dos três personagens ou a dupla Sonic e Tails. Cada personagem tem habilidades próprias, Sonic é o mais veloz e o que salta mais alto, Tails consegue voar e Knuckles é capaz de agarrar nas paredes. Jogando com Sonic e Tails há a possibilidade do segundo jogador controlar Tails, auxiliando Sonic ao longo das fases. Há muitos power-ups espalhados pelas diferentes zonas do jogo, alguns fornecem escudos, outros a habilidade de respirar debaixo da água, atrair anéis, etc. Existem muitas fases de bônus espalhadas pelas diferentes zonas do jogo, elas podem ser acessadas se chegarmos aos checkpoints com um determinado número de anéis coletados. As fases de bônus são as “Blue Spheres” de Sonic 3 & Knuckles e ao completá-las ganhamos moedas que são úteis para liberar extras no jogo. Há ainda, escondido nas fases, um imenso anel amarelo; ao encontrá-lo somos levados para uma outra fase bônus, só que agora participamos de uma corrida contra o tempo cujo objetivo é alcançar um disco-voador que carrega uma esmeralda do caos. Existem 7 delas em todo o jogo. Ao fim de cada ato devemos enfrentar um mini chefe, na maioria das vezes inspirados em chefes de jogos anteriores da série.

O jogo apresenta além do Mania Mode, que é o modo principal da aventura, o Time Attack, em que devemos terminar a fase no menor tempo possível e o Competition Mode, modo em que dois jogadores disputam quem é o mais rápido e capaz de coletar o maior número de anéis e itens.

Sonic Mania não é um jogo fácil, terminar as 12 zonas não é tarefa simples e coletar todos os itens escondidos pelas fases seguramente tomará mais de uma dezena de horas. Por outro lado, o jogo nos motiva a explorá-lo e descobrir cada um dos seus segredos. A jogabilidade é frenética, por vezes estamos correndo da esquerda para a direita e de repente somos jogados na direção contrária, noutro instante estamos subindo e voltando a descer graças a algum looping que encontramos no meio do caminho. A não linearidade das fases é um barato e o design delas é, na maioria das vezes, excelente.

Um dos pontos altos de Sonic Mania é sua trilha sonora, é realmente de tirar o chapéu! Tanto que a Sega anunciou que irá lançar um vinil com a trilha do game, você pode conferir aqui.


Veredito

Depois de muitas tentativas enfim a SEGA consegue emplacar uma aventura a altura do seu personagem mais famoso. Com uma jogabilidade viciante, trilha sonora impecável e repleto de elementos nostálgicos que remetem aos grandes sucessos da época do Mega Drive, Sonic Mania é um deleite para os fãs de velha data do personagem e capaz de criar uma legião de novos fãs, incluo nesse segundo grupo meu filho de 6 anos que ficou hipnotizado com o jogo. O jogo está disponível no Switch por $20,00 e é compra mais do que recomendada.

* Jogo analisado com código fornecido pela SEGA.


9,2
COMENTáRIOS • site
centurions
06/09/2017 s 12:14
#Satoshi

Não liga não amigo esse Aristaka é um retardado, vive dando pitaco na opinião dos outros a toda hora, esse pangaré que me aguarde.
Satoshi
25/08/2017 s 20:23
Vc precisa ler o review da revista Nintendo World!
V
Aristarkh
22/08/2017 s 14:50
Nah, o RPG foi tão ruim que até rolou processos

\/
Satoshi
22/08/2017 s 14:39
O game do Sonic que mais hypei na minha vida, foi o Sonic RPG do DS!! Se não for o melhor da franquia, está entre os 5 melhores! E se não me engano, foi desenvolvido pela empresa que faz Mass Effect!
centurions
22/08/2017 s 12:19
De volta as origens mau posso esperar pra jogar no PC, bem que a SEGA podia continuar lançando mais Sonic das antigas pra competir com os jogos indies.
Gous
22/08/2017 s 08:18
Sonic Mania foi uma declaração, uma carta de amor aos fãs!
Domucacto-Kuno
21/08/2017 s 20:26
pô, pato, cê não tem 30 pilas?

\/
Patolouco
21/08/2017 s 19:05
Nota alta. Mas vou deixar o preço ficar mais camarada.
Al_Nintendo
21/08/2017 s 17:55
Essa fonte que foi utilizada na análise não é a costumeira do site, ou estou enganado ?

Apenas usuários cadastrados podem comentar.

Se deseja realizar seu cadastro, clique aqui.

COMENTáRIOS • facebook
análises recentes
switch
switch
switch