Carregando
análise › wiiu 
Sonic Lost World
escrita por Ivan Nikolai Barkow Castilho
Sonic Lost World é um título exclusivo para o Wii U (e 3DS, mas é uma versão diferente e falaremos sobre ela outro dia). Dito isso, sempre que um jogo recebe exclusividade, o público exige uma qualidade alta para que seja uma justificativa para a compra de um console. E essa qualidade é vista aqui?



Antes de mais nada, Sonic Lost World é um bom jogo. Bastante desafiador, cheio de conteúdo e viciante. Mas há algumas falhas que veremos nesta análise.

A história segue mais ou menos o estilo que os jogos recentes do ouriço têm sido: nada sério (como os Adventure), mas sim como se fosse um desenho animado (como em Colors). Isso é ruim? Depende do ponto de vista. Sem dúvida, Sonic adquiriu muitos fãs do público Nintendo com o primeiro jogo no GameCube (Sonic Adventure 2 Battle). Justamente o título com o enredo mais "sério" do personagem. Se você queria aquela seriedade de volta, esqueça. No entanto, se tiver mente aberta, gostará da história. Pelo menos três vezes em todas as cutscenes (que não são muitas), eu esbocei sorrisos com as situações.

O maior problema da história são os novos vilões, os "Deadly Six". Além do design deles ser ruim (todos são estereótipos de alguma coisa, como gótico, comilão, "sensei", etc), não há um "background" bom sobre eles. Eles caem de pára-quedas no enredo, descobre-se que uma flauta os controla e depois que Sonic (em uma atitude que não era comum do personagem) chuta para longe de Eggman ela, o ouriço tem que se unir ao seu vilão para evitar que os Deadly Six não destruam o nosso mundo. Por que essa flauta os controla? Quem os criou? Uma vingança de Eggman os controlar é motivo o suficiente para querer destruir um mundo inteiro? São furos muito absurdos que não dá para passar batido.



Mas vamos deixar a história de lado, sabendo que ela é ruim. Os chefes, apesar de serem toscos, possuem batalhas sensacionais. Todas são diferentes e você os enfrenta duas vezes em cada zona em batalhas únicas. Considerando que estamos falando de um gênero (plataforma) que a cada dia que passa fica difícil de nos surpreender, é um grande feito por parte da Sonic Team.

Por outro lado, esse gênero (plataforma), apesar de antigo, sempre foi polêmico nos jogos Sonic em 3D. Sonic Lost World não possui grandes problemas aqui. Todos os elementos funcionam muito bem. Mas há um porém: esqueça os outros games do ouriço. Se você espera um Colors ou Generations aqui, esqueça. Primeiro: não há boost. O ZR, ao ser segurado, faz Sonic correr, no entanto. ZL é o Spin Dash, que não é muito usado. Há ainda o botão de pulo e o de bounce. Se não tiver inimigos à vista, ao pular, Sonic pode dar um segundo pulo ou executar o seu "bounce" dependendo do botão pressionado. Se existir inimigos sendo mirados, o pulo se torna o Homing Attack e o Bounce um novo ataque de Sonic: uma espécie de chute. Vale mencionar também que a corrida possibilita wall jumps de Sonic também agora: ele pode correr nas paredes com essa corrida e realizá-los com o botão de pulo, assim como agarrar em beiradas caso não tenha conseguido pular na plataforma de forma direta.



É tudo muito funcional, mas o pulo é uma coisa difícil de se acostumar com a corrida. Há momentos que ele vai longe e outras não. É difícil explicar com palavras, mas jogando você perceberá isso. Ele não é uniforme. Muitas vezes você vai morrer por ter calculado errado o impulso do pulo, e não onde desejava cair.

E dificuldade é algo muito presente em Sonic Lost World, mesmo se você se considera um veterano. O jogo é desafiador. Não é impossível, mas é difícil. Suas vidas acabarão facilmente, mas isso não é um problema pois há vários locais visivelmente fáceis para "farmar" vidas.

Outra coisa descartável e que não funciona muito bem são os "Wisps". Eles fornecem habilidades a Sonic da mesma forma que em Sonic Colors. Mas aqui é uma desculpa de você usar o GamePad do Wii U. Os comandos vão de coisas simples como mirar com a tela de toque até usar o sensor para controlar o vôo. O jogo não força você a usá-los (as seções podem ser passadas sem problemas na maioria das vezes) e, além disso, são raros tais momentos. Por isso é difícil criticar. Foi uma tentativa dos produtores de fornecer algo diferente - que falhou - mas não insistiram para engolirmos isso.



Sonic Lost World possui sete zonas com quatro fases em cada. As fases são variadas, algumas muito longas inclusive, e como dito anteriormente, desafiadoras. Há ainda uma zona secreta com fases que parecem ser descartadas no desenvolvimento.

Desde que o jogo foi anunciado, comparações com Super Mario Galaxy foram inevitáveis. E com razão, diga-se de passagem. Você pode ainda mencionar o extinto projeto Sonic X-Treme de Saturn como inspiração. Olhando para os dois, digo que houve um toque de ambos em Lost World: nas fases 3D, o charme de Galaxy pode ser visto. Nas seções 2D, principalmente naquelas que andamos em círculo e acabamos de ponta cabeça, lembramos de X-Treme. Mas lembrando um determinado jogo ou não, o que importa? Que o jogo seja bom. E o que foi dito no início da análise? Sonic Lost World é um bom jogo.

Fora as fases a serem completadas, temos que coletar todos os Red Rings em cada uma delas, jogar o modo Time Trial (somente aqui um rank aparece - no modo normal não existe mais os famosos ranks) e isso sem contar as missões que o Omochao nos fornece. Essas missões são ações que o jogador deve fazer, como matar um número X de inimigos. Há muito conteúdo oferecido no pacote ao jogador.



Por fim, temos o componente social em Sonic Lost World. No Miiverse, o jogador pode compartilhar itens obtidos em sua jornada (cada um fornece um poder diferente quando usado). Já o modo multiplayer é apenas offline. Você pode participar de corridas com o seu amigo (que pode usar até mesmo o Wii Remote) em fases que são destravadas no single-player. É divertido e um belo adicional ao jogo. Mas é triste não termos online.



Sonic Lost World pode não ter uma boa história e exige muita adaptação em sua jogabilidade, principalmente no impulso do pulo. Mas é um ótimo jogo, divertido, viciante, variado, com batalhas inteligentes contra os chefes e cheio de conteúdo (você vai levar cerca de 7-8 horas para acabar o single sem se dedicar aos colecionáveis). Além disso, ele é desafiador. Jogue e comprove.


-- Resumo --

+ Divertido e viciante
+ Fases e batalhas variadas
+ Muito conteúdo para o jogador
+ Desafiador

- História
- Wisps
- Jogabilidade não tão fácil de se acostumar
- Ponto acima somado com a dificuldade pode ser frustrante para muitos






8,0


comentários
Juspion
16/12/2013 às 00:27
sonic pra mim só o 1, 2 e 3. sonic adventure em diante nao gostei. sonic rush entao nem se fala, vc nao joga, só assiste o personagem correr. sinceramente a sega nao soube transpor sonic para o ambiente 3D como a nintendo conseguiu tao bem fazer com mario. essa é minha opiniao.
EQ
22/11/2013 às 15:30
O jogo é horrível, acho que deram a nota com peninha mesmo.
Super FOG
18/11/2013 às 20:24
@Rave Master, vc está falando de Sonic 1 né? Porque Sonic The Hedgehog 2006 é "injogavelmente" horrível, pior que Unleashed (que nem é tão ruim assim, convenhamos).
Rave Master
16/11/2013 às 13:12
Para mim Sonic Adventure 2 Battle, Sonic Heroes e Sonic the Hedgehog foram para mim os melhores jogos Sonic que já joguei, o mais fraco foi Sonic Unleashed, muito ruim.
D2Boy
15/11/2013 às 10:49
A História tem alguns furos mas aposto que eles fizeram de propósito para contar numa sequência mas o que importa é que o jogo é muito bom divertido e viciante um jogo do Sonic de muita qualidade assim como Sonic Colors de Wii e DS e Sonic Generations para PS3, Xbox 360 e 3DS que foram jogos muito bons esse segue o caminho do sucesso também e o que mais legal e que esse jogo(junto com Assassin Creed IV: Black Flag) fizeram que o Wii U aumenta-se muito nas vendas na semana que eles foram lançados esse jogo já é compra garantida para o meu Wii U.
Aristarkh
14/11/2013 às 09:30
"até teve anime"


Não canônico.

"RPG"


Não canônico

"inclusive HQ"


Não canônico, e é bem antigo, acompanho até hoje. Pena que a porra do Penders fodeu tudo!
Arus
14/11/2013 às 07:48
Se o proprio jogo da enfase na historia, entao ela precisa ser analisada em uma critica
NicMDS
13/11/2013 às 00:40
Meu deus. Ele não postou nada triturando a história do game, ele falou que a história tem furos. E tem mesmo, joguei e fiquei esperando explicações por aquela concha, que não sei de onde saiu, e gostaria de saber sobre a origem dos Deadly Six e o por que deles quererem detonar a Lost Hex, que aparentemente, não tem nada de mais ali. Isso faz dela mau trabalhada. São fatos.

Ridículo é o outro ali querer achar sua opinião absoluta. Não entender como tem gente que "gosta de Sonic pela história". Durante três gerações inteiras Sonic teve um belo foco em sua história, até teve anime e RPG, inclusive HQ com histórias sensacionais, e o amigo vem me dizer que uma história mais profunda não combina com Sonic. Quem não gosta, aperta start e pula a cutscene.

Preferir a era genesis é algo plausível, mas querer achar que só o que você gosta é o que presta e foda-se o resto, é ridículo. Eu amo Sonic Heroes pela história e gameplay apesar de todos odiarem, e nem por isso nunca tentei esfregar na cara de ninguém que esse é o melhor Sonic de todos e que é um jogo do caralho. É chato ver gente fazendo isso.

Sobre Mario, Miyamoto SEMPRE falou que Mario não é sobre história.
Diferente do Yuji Naka, que caracterizou Sonic de outra maneira. É simplesmente normal analisar a história de qualquer Sonic, quem num acha isso, num é nem "fã" de verdade da série, apenas "gosta". É só alguém querendo dar opinião onde não tem base suficiente pra isso. Soul Zonik está certo em abordar isso na análise, e poderia até tirar mais pontos do que tirou por tal.
OVERHEAT
13/11/2013 às 00:10
@Soul Zonik

Pelo tamanho do jogo digital já deu pra ver que Mario 3D World vai ser com poucas cutscenes (ao contrário dos que muitos pensam que o tamanho é por causa de compressão).
Fico pensando se alguns vão comparar a nota de Sonic pra tirar como base para a de Mario.

E já deu pra entender seu ponto muito bem: se está dentro do jogo, tem que ser avaliado também. E está certo. O duro e que todos tem que entender que se isso, no caso a história, se acha ela boa ou não faz falta pra você, então guarde isso pra si ao invés de tentar convencer outros que sua opinião tem de ser seguida.
Soul Zonik
12/11/2013 às 23:47
Mario é diferente, não tem cutscenes. Só tem uma no início e outra no fim, basicamente. Não força o jogador a ver cutscenes a cada 2 fases. Como Sonic é assim, precisa ser avaliado esse aspecto.
OVERHEAT
12/11/2013 às 23:32
Se a discussão sobre história já é assim em Sonic, mal posso esperar pra ver o que vai acontecer no review Mario 3D World.
Enfim, gostei da análise por colocar os pontos do jogo bem claros, sem aumentar nem diminuir. Cabe a cada um considerar quais partes do jogo lhe importa e quais não lhe afeta na hora de comprar/ jogar.
WTF Ivysaur
12/11/2013 às 17:39
Análise acima da média. Informativa, não foi rígida demais por motivos misteriosos (IGN, Gamespot, etc...), mas não foi leve como uma Famitsu da vida (e vários outros reviews do WB). Influenciou muito na decisão da minha compra (que não deve acontecer tão cedo).

9/10 would read again.
Soul Zonik
12/11/2013 às 16:06
@Super FOG: Sonic Lost World tem limite de tempo nas fases.

E melhor história do personagem é pra acabar, você não jogou o mesmo título que eu. E a história não diminuiu tantos pontos assim na minha análise, se diminuiu 0,5 foi muito.
Super FOG
12/11/2013 às 15:28
Você chamou de ruim uma das melhores histórias que já vi para um Sonic, além de ter defendido aquela bagunça do Adventure 2.

Não sei como que gente pode gostar de um Sonic pela história, eu sou muito fanboy da era clássica, onde a gente apertava Start na tela de título e já começava a jogar, a história de Sonic sendo boa ou ruim não importa pra mim, o que mais vale é a gameplay. Quando eu via pessoas babando o ovo para SA2 sempre pensei que era por causa da gameplay variada, mas não, babavam ovo para um tipo de história que NUNCA combinou com o Sonic, contribuindo para a zona que é a fanbase do personagem.

Eu adoro quando falam que Sonic não tem história abs, Sonic pra mim é sobre correr, destruir inimigos e encontrar rotas de chegar ao final da fase no menor tempo possível. Só sinto saudade do limite estrito de 10 minutos em cada fase.
NicMDS
12/11/2013 às 13:41
Eu achei o jogo sensacional, a nota foi merecida e a analise está muito boa. Só discordo um pouco sobre o SpinDash: Se você é um Time Trial Runner, só irá utilizá-lo. Mas de fato no modo principal do jogo, não se é usado quase nunca, acho que só para pegar mais velocidades quando correndo nas paredes.

E achei este o Sonic 3D mais parecido com os games do Genesis. É um platformer, não é sair correndo que nem um retardado apertando boost e quebrando tudo (não se engane, eu curto estes games também); É um platformer. Você precisa parar, pensar, ter habilidade nos pulos; você morre MUITO no decorrer da sua aventura se for querer simplesmente sair correndo como se estivesse jogando um Unleashed da vida: E isso fez dele o meu segundo Sonic 3D favorito, só perdendo pro Heroes!

E sobre a história, todos sabemos que quando Sonic pulou para a era 3D, ele avançou muito no quesito enredo. Não há como não citar na análise. Ridículo as pessoas falarem "Tetris também vai ser acusado de ter história fraca", por que a história sempre foi importante nos Sonic 3D, diferente do Mario que só teve um tratamento especial nesse quesito em Super Mario Galaxy 1. Então é TOTALMENTE VÁLIDO E NECESSÁRIO citar que a História de Lost World não é bem trabalhada (por que boa, na minha opinião, é. Só ta cheia de furos :( )

Apenas usuários cadastrados podem comentar.

Se deseja realizar seu cadastro, clique aqui.

Login de usuário


Lembrar?

wii u brasil no youtube

análises recentes
Lone Survivor
wiiu    4
Art of Balance
wiiu    5
Hyrule Warriors
wiiu    12
SteamWorld Dig
wiiu    2
Shut the Box
wiiu    5
Master Reboot
wiiu    4
Mario Kart 8
wiiu    57
Shovel Knight
wiiu    6